Dossiê de escolas técnicas ocupadas no Rio exibe até cobra em sala de aula


07/06/2016 06h46 – Atualizado em 07/06/2016 06h46

Renúncia fiscal mostra contradição do RJ sobre falta de recursos, diz texto.
Na sexta passada, docente foi baleada durante discussão sobre segurança.

Gabriel Barreira

Do G1 Rio

Dossiê mostra tetos caindo e até cobra em sala de aula de Faetec no Rio (Foto: Reprodução)Dossiê mostra tetos caindo e até cobra em sala de aula de Faetec no Rio (Foto: Reprodução)

O porquê de alunos ocuparem unidades da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) consta em relatórios entregues à Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) na última sexta-feira (4). No documento, os estudantes relatam a “pauperização” das unidades e mostram imagens de tetos que caem, equipamentos quebrados e infiltrações. Em uma das fotos, há uma cobra na janela de uma sala de aula.

Os dossiês foram elaborados por estudantes e servidores de unidades como a do Maracanã e Marechal Hermes. As centenas de páginas vão da falta de manutenção e de serviços, o que teria permitido que uma cobra chegasse à uma sala de aula devido ao mato alto, por exemplo, e afirmam que o movimento abraçou a greve de professores, mas é independente.

“Toda a organização logística da escola é feita pelos discentes e seus responsáveis, de modo a demonstrar ao Estado que a escola é construída com eles, por eles e, assim sendo, deve ser preservada para eles”.

Um trecho do texto ainda questiona a justificativa apresentada pelas autoridades em relação à crise vivida pelo estado. “O argumento de redução da receita se mostra contraditório, uma vez que há inúmeras ações de renúncia fiscal“.

Toda organizaçaõ logística da escola é feita pelos discentes, diz texto (Foto: Reprodução)Toda organizaçaõ logística da escola é feita pelos
discentes, diz texto (Foto: Reprodução)

Rotina de violência
Durante a entrega do documento, um incidente chocou alunos, professores, servidores e deputados que participavam do encontro. Justamente quando a discussão tomava os rumos sobre a falta de segurança nas unidades — houve inclusive relatos de estupros — os membros da comissão foram informados de que uma professora da Faetec foi baleada durante um assalto quando saía da unidade de Quintino.

O novo presidente da Faetec, Alexandre Vieira, reconheceu problemas estruturais e disse que as melhorias dependiam da saída dos ocupantes, o que foi questionado pela aluna Eduarda Silva. “Por que é preciso que os alunos saiam? A necessidade é imediata”. Ele prometeu um plano de segurança dentro de seis meses.

Vieira afirmou que as reformas devem ser de R$ 15 mil por unidade, valor apontado como “vergonhoso” pela deputada Zeidan.

De o presidente da Comissão de educação da Casa, Comte Bittencourt (PPS), o Estado só executou 19% do valor previsto para as fundações. “É atraso em merenda, problemas de infra estrutura e os alunos estão reclamando com toda a razão. Alguns prédios estão em situação de total precariedade”.

O encontro começou por volta de 10h30 desta sexta-feira. Participaram do encontro os deputados Comte Bittencourt (PPS), Zeidan (PT), Waldeck Carneiro (PT), Eliomar Coelho (PSOL), Paulo Ramos (PSOL), Flávio Serafini (PSOL) e Tio Carlos (SD).

Histórico de insegurança
Em maio, o RJTV ouviu Raquel Cristina Santos, da Associação de Pais da Faetec. A filha dela havia sido assaltada dentro do próprio colégio à tarde. “A segurança aqui é zero. Policiamento é zero, é muito difícil”, conta a mãe.

Imagens mostram paredes mofadas em unidades da Faetec (Foto: Reprodução)Imagens mostram paredes mofadas em unidades da Faetec (Foto: Reprodução)
Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o TV VK RIO AO VIVO ou por Whatsapp e Viber (21) 999-121-080
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s