Motorista atropela motociclistas ao fugir de Lei Seca na Lagoa, Rio


Atualizado em 23/05/2016 06h04

Autor de atropelamento se recusou a fazer etilômetro e foi para 15ª DP.
Perícia realizada constatou positivo para embriaguez.

Do G1 Rio

Um homem identificado como Eduardo Campos da Silva Alves, condutor de um veículo Peugeot 207, ao avistar a operação Lei Seca montada na Avenida Epitácio Pessoa, na manhã deste domingo (22), na Lagoa, Zona Sul, efetuou uma manobra brusca para atravessar as duas pistas no sentido contrário, com a intenção de fugir da blitz. O motorista atingiu duas motocicletas, ferindo os motociclistas.

Compartilhe isso!

icons-842893_960_720linkedin (1)twitter  Google-Plus-icon (1)

                                      saiba mais

 

O autor do atropelamento se recusou a fazer o teste do etilômetro e foi encaminhado à 15ª DP (Gávea), onde foi registrada a ocorrência. A perícia realizada constatou positivo para embriaguez e foi arbitrada fiança no valor de R$ 3 mil. O veículo foi removido para depósito público.

Os dois motociclistas tiveram ferimentos pelo corpo devido ao atropelamento. Eles também realizaram o teste do etilômetro e obtiveram índice zero. A ambulância do Corpo de Bombeiros prestou socorro no local e encaminhou as vítimas ao Hospital Miguel Couto, na Gávea.

Maio Amarelo
No mesmo bairro, na Lagoa, na manhã deste domingo, o movimento Maio Amarelo organizou um ato para lembrar as vítimas de motoristas irresponsáveis. O desrespeito às leis de trânsito causam mais de 42 mil mortes por ano no Brasil, segundo dados de 2014 do Ministério da Saúde.

“O meu filho foi vítima de uma linha com cerol. Ele vinha na Dutra, sentido Rio de Janeiro, quando foi atingido por uma linha chilena e com cerol. A partir desse dia, eu resolvi lutar contra isso. Tem seis meses que eu estou nessa luta para impedir que outras vidas sejam perdidas. Decidi transformar a minha dor em luta contra mais esse crime de trânsito, não deixa de ser um acidente de trânsito”, contou Kelly, mãe de uma das vítimas de violência no trânsito.

Cadeirantes que trabalham na Operação Lei Seca no Rio, todos são vítimas de acidentes de trânsito, também estiveram no ato para lembrar a importância de uma condução responsável.

Ato na Zona Sul do Rio pede conscientização no trânsito  (Foto: Reprodução / GloboNews)Ato na Zona Sul do Rio pede conscientização no trânsito (Foto: Reprodução / GloboNews)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s